Emprestado ao Benfica desde julho deste ano, o lateral-esquerdo Cortez deverá voltar ao São Paulo antes do término do contrato de um ano com os portugueses. Pouco aproveitado pelo técnico Jorge Jesus, o jogador não se adaptou ao futebol europeu e a possibilidade de um retorno antes do tempo já é tratada como certa pela imprensa de Portugal.

Segundo o diário A Bola, que reproduziu nesta quinta-feira (14) algumas declarações de Eduardo Uram, agente de Cortez, à imprensa brasileira, o bom relacionamento entre o empresário e o São Paulo pode fazer com que o jogador desembarque na Barra Funda no início de 2014.

Responsável pela carreira dos são paulinos Aloísio, Carleto, Edson Silva, Maicon, Antonio Carlos, Welliton e Roger Carvalho, Uram disse recentmente que Cortez pensa no São Paulo e, se o tricolor quiser, o retorno é totalmente viável.

Afastado pelo então técnico Ney Franco no dia 10 de maio deste ano, após a eliminação para o Atlético-MG na Libertadores, Cortez teria uma nova chance no São Paulo, agora dirigido por Muricy Ramalho, que quando estava no Santos tentou levar o jogador para a Vila Belmiro. Porém, ao contrário do que aconteceu no início deste ano, o time agora tem o titular Reinaldo consolidado na posição.

Com contrato até dezembro de 2016 com o São Paulo, Cortez disputou apenas seis partidas em pouco menos de cinco meses de Benfica. Aos 26 anos, o jogador enfrentou o tricolor pela Eusébio Cup e acabou sendo escolhido um dos piores em campo na derrota dos portugueses por 2 a 0.

Sem mais artigos