Ainda sem ter consquistado uma vaga para a Copa do Mundo de 2014, a seleção da Itália tem uma certeza para a aqui após o Mundial que será disputado no Brasil: Cesare Prandelli não será mais o treinador da Azzurra. Quem confirmou a decisão foi o próprio técnico, em entrevista ao canal Sky.

“No momento em que tiver a certeza matemática da classificação para o Mundial do Brasil, que é para mim a única coisa que importa, vou anunciar a minha decisão”, disse Prandelli, deixando nas entrelinhas que a saída será sacramentada após o mundial.

Com a possibilidade clara, as especulações já começam a pipocar na Itália e alimentar os principais jornais locais. Bastou a declaração de Prandelli ser repercurtida para António Conte, da Juventus, de Turim; Massimiliano Allegri, do Milan; e Roberto Mancini, sem clube desde que saiu do Manchester City, serem apontados como os favoritos ao cargo.

Líder do grupo B das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014 com 14 pontos, a Itália ainda tem mais quatro jogos (Bulgária, República Tcheca, Dinamarca e Armênia) para sacramentar sua classificação para a competição do ano que vem.

Sem mais artigos