Jean-Louis Triaud, presidente do clube francês Bordeaux, não está nada satisfeito com o desempenho do time. Em entrevista publicada pelo jornal L’Équipe nesta terça-feira (05), o dirigente fez duras críticas aos jogadores após a quarta derrota consecutiva no Campeonato Francês.

“Só estou seguro de que não sou eu que jogo, de que Francis Gillot (treinador) não joga. Nem o cozinheiro, nem o responsável pelos equipamentos. Há 500 jogadores na Ligue 1 (nome do Campeonato Francês), não posso acreditar que os únicos sem caráter são os do Bordeaux. Sou levado a pensar que temos um plantel de galinhas e passarinhos”, bombardeou Traud.

O presidente continuou o discurso totalmente sem papas na língua.

“(Os jogadores) são incapazes de ganhar dois jogos seguidos. Estes rapazes empenham-se muito quando negociam o contrato ou a renovação. Gostaria de ver a mesma vitalidade em campo. Temos o quinto orçamento da Ligue 1. Não há um jogador do Brest (clube modesto que ocupa a 17ª colocação) cujo salário se aproxime de três quartos do nosso plantel. Tenho um sentimento de tristeza”, disparou.

Triaud fez também questão de lembrar que nem a campanha paralela na Liga Europa seria motivo para tão baixo desempenho.

A última vez que os girondinos venceram o torneio nacional foi na temporada 2008/2009, quando interromperam a série de sete títulos seguidos do Lyon.

 

Sem mais artigos