O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, presidiu nesta quarta-feira o início das obras da Vila Olímpica do Rio 2016 e classificou a organização da reunião esportiva como “extremamente boa”.

“Hoje é um dia muito importante porque a Vila Olímpica é o coração dos Jogos (…), já que serve para unir os atletas sem distinguir raça ou origem”, afirmou o dirigente do COI na cerimônia realizada em uma barraca, localizada no terreno onde será levantada a vila.

Rogge ressaltou que o êxito dos jogos reside na “união de todos os atores”, ofereceu ajuda do organismo que dirige e garantiu que viajou ao Brasil “para colaborar e não criticar”.

“Há 14 meses concedemos os jogos a Rio, pela primeira vez à América do Sul e a um país emergente que estará no cimo em dez anos”, acrescentou.

O responsável do COI conheceu uma maquete que reproduz os 48 prédios onde ficarão os atletas durante os Jogos do Rio 2016 e aproveitou para conferir o terreno de 75 hectares, localizado junto a uma lagoa no bairro da Barra da Tijuca.

A Vila Olímpica terá 17,7 mil camas, distribuídas em apartamentos de três e quatro dormitórios, com um mínimo de 12 metros quadrados.

Quase a metade dos atletas ficará a dez minutos das instalações onde acontecerão as competições e os treinamentos, mas 27% terá de fazer deslocamentos superiores a 25 minutos, como divulgou o Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Um pequeno grupo de operários, equipado com três escavadeiras, deu início aos trabalhos durante a visita de Rogge, que estava acompanhado da coordenadora do COI para Rio 2016, a marroquina Nawal el Moutawakel, e de autoridades locais.

O presidente do Comitê Organizador Local e do COB, Carlos Arthur Nuzman, prometeu que esta será a “melhor e mais bonita” vila da história dos jogos.
Depois da cerimônia, Rogge visitou um pavilhão poliesportivo que será usado nos jogos.

Nesta quinta-feira deve conhecer as obras de ampliação do metrô, o projeto de reforma da zona portuária e uma favela.
Rogge acaba sua visita ao Rio com o lançamento do logotipo oficial dos jogos, que será divulgado durante a festa de Ano Novo na praia de Copacabana.

Sem mais artigos