O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser al-Khelaifi, reuniu-se na semana passada com os jogadores do Real Madrid Kaká e Gonzalo Higuaín para tentar contratá-los para o clube francês, informou neste sábado o jornal “L’Équipe”.
O brasileiro e o argentino são duas das prioridades do Paris Saint-Germain para a próxima temporada de contratações, disse o jornal, que acrescentou que Khelaifi entrou em contato com os jogadores antes de conversar formalmente com o Real Madrid.
Comprado no início da temporada por Khelaifi, que é natural do Catar, o Paris Saint-Germain é um dos clubes que mais está investindo na contratação de atletas na atualidade.
Kaká, que está com 30 anos, não parece ser uma das prioridades do técnico José Mourinho, que só o escalou como titular 16 vezes nesta temporada.
Apesar disto, seu salário de 10 milhões de euros anuais é um dos maiores da equipe, por isso o Real provavelmente não se oporia a uma possível saída do craque, que foi comprado em 2009 por 67,2 milhões de euros pelo clube espanhol.
Segundo o “L’Équipe”, o Real Madrid não exigiria uma indenização muito grande para liberar o meia.
Khalaifi explicou seu objetivo de transformar o Paris Saint-Germain num dos maiores clubes da Europa, e Kaká teria pedido para conversar com o técnico do time, Carlo Ancelotti, com quem trabalhou no Milan entre 2003 e 2009.
Já a ida de Higuaín, que marcou 21 gols nesta temporada, parece mais complexa. O argentino é um dos atletas preferidos do Real Madrid. Mourinho, no entanto, vem escalando o francês Karim Benzama no ataque da equipe, o que poderia facilitar a saída de Higuaín.
Outra opção do clube francês é o atacante uruguaio Luis Suárez, que defende o Liverpool. 

Sem mais artigos