Luxemburgo protesta após punição imposta pelo TJD-RJ

Luxemburgo protesta após punição imposta pelo TJD-RJ

Nesta semana, Vanderlei Luxemburgo foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) por criticar a Federação de Futebol do Estado do Rio Janeiro (FERJ). O técnico do Flamengo perderá dois jogos, entre eles o clássico contra o Fluminense, que será disputado no próximo domingo (5). Na coletiva desta sexta-feira (3), ele aproveitou para protestar colocando um esparadrapo na boca.

Sem responder perguntas, Luxemburgo avisou que aquele seria um pronunciamento dele, que acabou ganhando tom de desabafo. Ele avisou que não vai ao Maracanã no domingo já que não poderá entrar no vestiário ou comandar o time do banco de reservas.

“Por decisão minha, conversando com a presidência, se não posso estar no vestiário, não estarei no Maracanã, não vou ao jogo. Me senti prejudicado e não tenho motivo ir para estar no local se não exercerei meu direito de trabalho”, disse.

O treinador ainda explicou a expressão que resultou em sua punição. “Quando usei o termo porrada, não era dar porrada na mão, foi um termo que usamos constantemente. Não foi tentativa de agredir ninguém”, afirmou.

Líder do Campeonato Carioca, e praticamente classificado, o Flamengo pode complicar a situação do rival Fluminense. O Tricolor precisa de uma vitória para se manter na briga por uma vaga na fase final do torneio.

Sem mais artigos