Segundo o jornal espanhol Marca noticia neste sábado (26), Zinédine Zidane está decidido a deixar o Real Madrid ao final desta temporada. O intuito é ser técnico de algum time para ganhar experiência e, então, retornar ao clube com o qual possui forte ligação.

Esta temporada foi a primeira em que atuou como assistente de um técnico, cargo que assumiu quando José Mourinho foi para o Chelsea e Carlo Ancelotti chegou do Paris Saint-Germain para comandar o elenco de jogadores. O Real, porém, não deseja arriscar uma primeira experiência com Zizou no comando dos Blancos, que já tem licença oficial para assumir o cargo e realizaria o grande sonho de sua carreira.

Sonho este compartilhado com o presidente merengue, Florentino Pérez, com quem criou forte amizade desde que chegou na capital espanhola, em 2001, vindo da Juventus.

Um dos prováveis destinos de Zidane é o Monaco. O clube francês parece não confiar muito no italiano Claudio Ranieri, que, apesar de conseguir classificar o time recém-promovido da segunda divisão para a Liga dos Campeões, perdeu nas semifinais da Copa da França para o Guingamp.

Segundo o dirigente da Federação Francesa de Futebol, Noël Le Graët, o campeão do mundo em 1998 com os Bleus fez pedido formal para dirigir a seleção do país após eliminação da última Eurocopa, em 2012, então comandada por Laurent Blanc. Porém, o hoje treinador do PSG foi substituído por outro campeão da Copa, Didier Deschamps. Ou seja, atuar como técnico é algo que Zidane já planeja há alguns anos e que pode acontecer no começo da próxim a temporada europeia, que começa em agosto.

Sem mais artigos