Um dos clubes mais novos do futebol paulista, o Red Bull Brasil, promovido este ano para disputar pela primeira vez em sua curta história a Série A1 do Paulistão em 2015, enviou alguns de seus representantes ao Rio de Janeiro, no último sábado (10), em busca de novos talentos para as categorias de base. Em uma seletiva realizada no campo da Vila Verde, na favela da Rocinha, 155 garotos de 13 a 15 anos, todos eles moradores da comunidade, tiveram a chance de mostrar o seu talento para os olheiros do clube.

Ao fim do teste, seis meninos foram selecionados pelo Red Bull Brasil para passar uma semana de testes no Centro de Formação de Atletas, localizado em Jarinu, interior de São Paulo, antes da decisão final do clube sobre quem fará parte do elenco de base.

Todos os inscritos da peneira do Red Bull foram divididos em grupos de acordo com sua idade e, antes dos coletivos, tiveram que realizar diversas atividades específicas, como finalizações e passes.

A iniciativa do clube paulista, que selecionou o jovem Juninho, de 15 anos, foi uma parceria do Toro Loko com o Grupo Cultural AfroReggae. “É o sonho da minha vida, quero jogar futebol profissionalmente. Encaro como a grande oportunidade de seguir um destino diferente do meu pai (que cumpre pena de 13 anos por tráfico de drogas) e deixar minha mãe orgulhosa”, afirmou o garoto, que agora irá para Jarinu com os outros cinco escolhidos.

Sem mais artigos