Para os que acham que skate profissional é coisa de gente grande, um brasileiro está provando o contrário. Com apenas 15 anos, Pedro Barros, o Pedrinho, se destacou no X-Games desse ano, realizado em Los Angeles, ao faturar o ouro na competição do Skate Park.

No entanto, o pensamento da jovem revelação do skate brasileiro segue sendo o de se divertir. Sem cobranças ou expectativas, o único desejo do atleta é andar de skate.

“Foi demais ganhar o X-Games, sem dúvida uma coisa inesperada. Eu fui apenas para adquirir experiência. Mas, o que eu mais quero é continuar andando de skate, evoluir, superar cada vez mais, mas apenas andar de skate”, afirmou o skatista em entrevista exclusiva ao Portal Virgula.

Apesar de nunca ter sofrido com falta de patrocinador, como garantiu, Pedrinho cobra apoio e presença de mais empresas na modalidade.

“Faltam coisas para o skate ser grande no Brasil, mas está melhorando cada vez mais. Acho que daqui a pouco todos terão apoio, mas ainda faltam empresas para apoiar”, disse o jovem.

Com uma pista em sua casa em Florianópolis, o brasileiro tem duas principais inspirações no esporte. “Minhas inspirações são meu pai e o Lincoln Ueda, além de outros grandes skatistas”, falou.

Para os que ainda desconhecem uma das maiores revelações do skate nacional nos últimos anos, Pedro Barros dá o recado. “Vou participar da MegaRampa no Brasil esse ano, pois já fui convidado”, completou.

A terceira MegaRampa no Brasil ainda não tem data definida, mas a sua realização está confirmada.

Sem mais artigos