O estado de saúde do técnico Ricardo Gomes, que sofreu um derrame cerebral há duas semanas, melhorou “notavelmente” e ele não se alimenta mais com a ajuda de aparelhos, disseram nesta quarta-feira os médicos que o atendem.

Na segunda-feira, Gomes foi transferido para um quarto do Hospital Pasteur, no Rio de Janeiro, após permanecer durante 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Desde então, o treinador do Vasco, de 46 anos, apresenta um quadro estável e respira sem o auxílio de aparelhos.

Segundo o último relatório médico, ele já começou a se alimentar sozinho e desde terça-feira começou a receber visitas de familiares e amigos.

Entre as primeiras pessoas que o técnico recebeu estão o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, amigo do técnico, e o zagueiro Renato Silva.

Segundo os médicos, o treinador permanece “lúcido”, “sem sedativos” e “interagiu” de forma normal com seus parentes e amigos.

Gomes sofreu o derrame cerebral em 28 de agosto, no meio de uma partida do Campeonato Brasileiro contra o Flamengo, e teve que ser retirado do campo de ambulância.

Ricardo Gomes melhora e já se alimenta sozinho

Sem mais artigos