O meia Rivaldo, que na última sexta-feira (19) completou 41 anos de idade, teve sua aposentadoria especulada após o rebaixamento do São Caetano, sua atual equipe, para a Série A2 do Campeonato Paulista em 2014. Porém, o pentacampeão resolveu se pronunciar e adiar mais uma vez sua despedida do futebol.

O camisa 10 do Azulão confirmou que seguirá na equipe do ABC paulista pelo menos até o final deste ano para disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

“Apesar da má fase atual, eu tenho convicção de que vamos mudar este quadro na Série B. Vejo a diretoria empenhada em fazer o clube voltar a trilhar o caminho das vitórias, e acredito que o grupo vai reverter está situação dentro de campo e trazer alegria de volta ao nosso torcedor”, disse Rivaldo sobre o mau momento do São Caetano. 

Além do rebaixamento para a A2 e também a disputa da Série B do Brasileiro, o São Caetano caiu na primeira fase da Copa do Brasil e agora só tem o torneio nacional pela frente.

“Sempre fui um jogador dedicado, treino muito e sou apaixonado pelo futebol. Meu pai me motivou muito e até hoje minha família me apoia. Tudo que conquistei veio do futebol, por isso, respeito muito a minha profissão”, explicou.Com dores musculares, Rivaldo não disputará o último jogo do São Caetano pelo Paulistão deste ano. Neste domingo, o time do ABC recebe o Paulista, às 16h, no estádio Anacleto Campanella.

Sem mais artigos