Em um jogo marcado pelo desequilíbrio nos sets o RJX derrotou o Sada Cruzeiro neste domingo, no Maracanãzinho (RJ), e se sagrou campeão da edição 2012/13 da Superliga masculina de vôlei. Foi o primeiro título nacional da equipe criada há apenas dois anos.

A final reuniu as duas melhores equipes da fase de classificação. A equipe mineira, que manteve a base do time campeão no ano passado, começou o jogo com tudo, logo abriu vantagem no placar e fechou o set em 25 a 15.

Mas a partir do segundo set o time do Rio de Janeiro mandou na partida. Com um elenco estrelado e repleto de jogadores da seleção brasileira, como Bruninho, Dante e Lucão, a equipe soube se impor e, apoiado pela torcida que lotou o ginásio, fechou os sets seguintes com relativa facilidade, parciais de 25-18, 25-18 e 25-14.

Bruninho desabafou ao final do jogo: “Estou muito feliz. Sou carioca, poder trazer essa alegria nesse projeto é fantástico. Estou muito feliz, é indescritível o que estou passando agora. Muita gente acha que eu estou na seleção porque sou filho do Bernardinho, mas eu provo a cada dia que não é nada disso. Sou hexacampeão”. Com o sexto título o levantador se torna o maior vencedor da competição, já havia sido campeão uma vez pela Unisul e outras quatro vezes pela Cimed.

A conquista também encerrou um jejum que durou mais de 30 anos, uma equipe do Estado do Rio de Janeiro não vencia a principal competição de vôlei nacional desde 1981, quando a Atlântica/Boavista levantou a taça.

Sem mais artigos