Em entrevista ao site da Fifa, o ex-jogador e atual dirigente do Anzhi, da Rússia, Roberto Carlos, escolheu o jogador para quem ele daria o prêmio Bola de Ouro da Fifa de 2012. Na contramão da grande maioria, o campeão mundial deixaria Messi sem o troféu e o passaria para o português Cristiano Ronaldo.

“Bom, claro que todo mundo fala muito do Messi, mas acho que ele já ganhou tanto que não devem mais caber troféus na prateleira da casa dele. Então, vai: eu votaria no Cristiano Ronaldo. É um cara que consegue fazer a diferença de várias maneiras, em diferentes situações de ataque. Já merece levar mais uma”, disse.

Já quando o assunto é o time ideal, Roberto Carlos, que um dia sonha em ser treinador, fez questão de incluir Messi na sua equipe a pedido da Fifa, fazendo inclusive uma parceria ofensiva com Neymar e mais quatro brasileiros.

“Então, fica: Casillas, Daniel Alves, Thiago Silva e Marcelo; Xavi, Ribéry, Van Persie e Iniesta; Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo, certo?”, escalou e brincou o ex-jogador de Real Madrid, Palmeiras, Corinthians e Anzhi.

 

Sem mais artigos