As declarações de Roberto Carlos dizendo que o Mundial de 2000, vencido pelo Corinthians, não caíram bem na torcida do clube. Horas após o lateral dizer que muitos jogadores vieram apenas a passeio, o time alvinegro soltou uma nota explicando as declarações do atleta.

“O Corinthians é campeão legítimo do Mundial e eu não tive a menor intenção de desmerecer a conquista do clube. Só disse que, na verdade, os clubes europeus valorizam mais a Champions League que o torneio intercontinental. E que sempre é assim, mas isso não tira o mérito do Corinthians, nem tão pouco de qualquer outro clube que tenha vencido o torneio”, afirmou Roberto Carlos.

Outro tema abordado pelo jogador foi os comentários sobre o Mundial ser um Mundialito. “Se você fizer uma pesquisa nos jornais da época, verá que a imprensa espanhola usava esse termo para o torneio. Mas o que vale é que a FIFA definiu esse e os outros torneios como Mundial Interclubes”, completou o atleta.

Em 2000, Roberto Carlos foi adversário do Corinthians quando defendia o Real Madrid. O jogo entre os clubes acabou 2 a 2 com dois tentos de Anelka e dois de Edílson.

Sem mais artigos