O deputado federal e ex-jogador de futebol Romário afirmou nesta sexta-feira que Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo do Brasil, será a “cara” do Mundial de 2014.

“A credibilidade dele tem tudo para fazer da competição um sucesso. Agora, o futebol brasileiro e a Copa têm uma cara”, afirmou Romário após reunir-se no Rio de Janeiro com Ronaldo e com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira.

Romário, acérrimo crítico da gestão de Teixeira à frente do futebol brasileiro e vice-presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados, adotou uma postura conciliadora em sua visita ao COL.

“Fui eu que pedi essa reunião, sim. Eu entendo que como deputado federal a minha missão é defender o povo brasileiro. Portanto, vim dizer para o Ricardo Teixeira e para o Ronaldo que não tenho nada contra eles”, apontou o ex-goleador.

Ronaldo, por sua vez, assinalou: “queremos o Romário crítico também, que cobre sempre que achar necessário, de acordo com as nossas responsabilidades. Estamos à disposição para ouvir tudo o que é importante para a Copa”.

Aproveitando a ocasião e apesar de terem defendido o Barcelona, os dois ex-jogadores expressaram sua simpatia pelo Santos na final do Mundial de Clubes do Japão, que será disputada no domingo.

Sem mais artigos