Ídolo da torcida do Fluminense, clube que defendeu durante a década de 1980, o paraguaio Romerito revelou nessa terça-feira (10) que ficou bastante abatido com o rebaixamento do tricolor carioca para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro ocorrido no último domingo (08).

“Chorei durante toda a noite, pelo bom elenco do Fluminense e pelos torcedores”, disse Romerito à Agência Efe na Arena da Amazônia, em Manaus, durante uma visita guiada a jornalistas estrangeiros às obras do estádio, uma das sedes da Copa do Mundo de 2014.

Romerito contou que assistiu à vitória por 2 a 1 sobre o Bahia, que não foi suficiente para livrar o time da queda, em um bar de Foz do Iguaçu, onde se encontrou com amigos para jogar futebol. Ele ainda apontou o que, em sua visão, foram alguns dos motivos para a queda do campeão brasileiro de 2012.

“Planejaram o ano mal. Os jogadores se descuidaram, empataram partidas que não deveriam ter empatado. A equipe não merecia o rebaixamento”, comentou.

O ex-atacante paraguaio defendeu o entre 1983 e 1988 e se proclamou campeão nacional e bicampeão carioca. Pela seleção de seu país, venceu a Copa América de 1979.

Sem mais artigos