Segundo o colunista Renato Maurício Prado, em seu blog hospedado no portal do jornal O Globo, o Fenômeno Ronaldo, do Corinthians, teria confidenciado a amigos que pode anunciar o fim da carreira em entrevista coletiva na próxima segunda (14/02).

Os motivos, segundo o jornalista, são maiores do que a saída de Roberto Carlos para o futebol russo. A queda da equipe na Pré-Libertadores, os violentos protestos da torcida contra o time e o já anunciado “pedido do corpo para parar” que o impede de atingir a forma física ideal, somados, o deixam frustrado e o fazem “pedir para sair”.

Segundo Prado, o que o impede de tomar essa decisão são os vários contratos de publicidade entre ele e o clube. A solução poderia estar em uma espécie de substituição da exposição em campo por exposição em comerciais com o próprio Ronaldo como ator principal.

Outro fator importante seria o fator Liedson. O centroavante de 33 anos chegou e, de cara, marcou dois gols e mostrou uma forma física e técnica melhor do que a do Fenômeno que, parando, não iria para o banco – o que poderia soar lógico esportivamente falando, mas passa longe da mente de qualquer mortal.

Sem mais artigos