Não foi fácil, mas o Santos está novamente na final do Campeonato Paulista, a equipe empatou em 1 a 1 com o Mogi Mirim no tempo regulamentar e foi melhor na decisão por pênaltis.

Com Neymar apagado o Santos teve mais a bola na primeira etapa, mas criou pouco, o castigo veio aos 44 minutos quando Roni, livre no meio da área, completou de cabeça o cruzamento de Val.

O empate santista veio somente aos 31 do segundo tempo, Miralles aproveitou rebote do goleiro Daniel e cruzou para Edu Dracena mandar para o fundo das redes.

Na decisão por pênaltis Miralles e Renê Júnior desperdiçaram suas cobranças pelo Santos, enquanto Carlos Alberto e Juninho perderam pelo Mogi Mirim. Na sétima cobrança das equipes os autores dos gols do jogo foram pra bola. Edu Dracena marcou e Rafael defendeu a cobrança de Roni, levando o alvinegro para a final.

O Santos tem a chance de alcançar um inédito tetracampeonato na era profissional do torneio. Agora o clube aguarda o vencedor do clássico entre São Paulo e Corinthians neste domingo.

Ficha do jogo

Mogi Mirim 1 (4) X 1 (5) Santos

Local: Estádio Romildão, em Mogi Mirim (SP)

Data: 4 de maio de 2013 (sábado)

Horário: 18h30 (horário de Brasília)

Público: 16.645 pagantesRenda: R$ 376.425,00

Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra. Assistentes: Hermam Brumel Vani e Danilo Ricardo Simon Manis

Cartões amarelos: Val, Tiago Alves e Roger Gaúcho (Mogi Mirim); Montillo e Renê Júnior (Santos)

Gols: Mogi Mirim: Roni, aos 44 minutos do primeiro tempo. Santos: Edu Dracena, aos 31 minutos do segundo tempo

Pênaltis: Mogi Mirim: Tiago Alves, Roger Gaúcho, Wagninho e Val; Carlos Alberto, Juninho e Roni desperdiçaram. Santos: Cícero, André, Neymar, Léo e Edu Dracena; Miralles e Renê Júnior desperdiçaram

Mogi Mirim: Daniel; Caramelo, Tiago Alves, Lucas Fonseca e João Paulo (Juninho); Magal, Val, Roger Gaúcho e Wagner (Carlos Alberto); Roni e Henrique (Wagninho). Técnico: Dado Cavalcanti

Santos: Rafael; Felipe Anderson, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo (André); Miralles e Neymar. Técnico: Muricy Ramalho

Sem mais artigos