O Santos venceu o São Paulo no Morumbi pela
sexta rodada do Campeonato Brasileiro por 2 x 0, com gols de Giva e Cícero, e
conseguiu deixar as últimas colocações da competição, além de aumentar a crise
no rival.

Sem Ney Franco, demitido durante a semana,
Milton Cruz comandou a equipe tricolor na partida, e o que se viu não foi muito
diferente do que vinha ocorrendo nos últimos jogos do São Paulo. Também em
busca de treinador, o Santos foi dirigido pelo interino Claudinei Oliveira, que
apostou em um posicionamento mais avançado do argentino Montillo.

Milto Cruz manteve a base de Ney Franco, e
no primeiro tempo Luis Fabiano chegou a receber bons passes de Osvaldo, Jadson
e Ganso, mas parou no goleiro Aranha, quando não esteve impedido. O camisa nove
tricolor teve ótima oportunidade aos 37 minutos, ao receber de Jadson cara a
cara com Aranha, mas chutou em cima do goleiro santista. Lúcio chegou a marcar
nos acréscimos, após falta cobrada por Rogério Ceni, mas estava impedido e o
gol não valeu.

No segundo tempo, após Claudinei Oliveira
trocar Willian José por Giva, a nova promessa do Santos, em seu primeiro toque
na bola, se antecipou a zaga, desviando de cabeça um cruzamento de Montillo,
aos 12 minutos, e abriu o placar. Em seguida, Milton Cruz colocou Maicon e
Aloisio, no lugar de Denílson e Ganso, que saiu vaiado pela torcida.

Mesmo com as mudanças, o São Paulo não
conseguia criar situações claras de gol, e jogando no contra-ataque, o Santos
chegou ao segundo gol com Cícero, que desviou de cabeça cruzamento do volante
Emerson Palmieri.

Na próxima rodada, o São Paulo vai até Salvador
encarar o Vitória, no Barradão, no próximo domingo, enquanto o Santos joga
contra a Portuguesa, na Vila Belmiro, no sábado.

Ficha Técnica:

São Paulo 0 x 2 Santos

Local: Morumbi, São Paulo (SP)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)

Renda/ Publico: R$ 345.930,00/11.819 pagantes

Cartões Amarelos: Denilson, Wellington (São Paulo) Arouca (Santos)

Gols: Giva, 12’/2°T (0-1); Cícero, 36’/2ºT (0-2)

São Paulo: Rogério Ceni; Rodrigo Caio, Lúcio, Rhodolfo e Juan (Ademilson – 36’/2ºT); Wellington, Denilson (Maicon – 14’/2ºT), Ganso (Aloísio – 14’/2ºT) e Jadson; Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Milton Cruz

Santos: Aranha; Galhardo, Gustavo Henrique, Durval e Léo (Emerson – 33’/2ºT); Arouca, Cícero, Leandrinho e Montillo; Neilton (Pedro Castro – 31’/2ºT) e Willian José (Giva – 12’/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira

No jogo dos interinos, Santos bate o São Paulo no Morumbi por 2 x 0

Sem mais artigos