Parece que Dorival Júnior segue com prestígio e moral no Santos. Após ameaçar deixar o clube caso Neymar não fosse punido, o técnico teve seu pedido acatado e o atleta está de fora do duelo contra o Guarani.

Em entrevista coletiva neste sábado (18), o presidente do clube, Luís Álvaro de Oliveira, anunciou que o jogador ficará de fora do duelo contra o time campineiro e ficará afastado por tempo indeterminado devido a uma exigência do técnico.

A polêmica entre Neymar e Dorival Júnior começou no duelo contra o Atlético Goianiense. Ao sofrer o pênalti, o jogador pegou a bola para a cobrança, mas o treinador vetou e falou para Marcel cobrar. Com isso, o jovem santista se revoltou e começou a xingar Dorival Júnior e Edu Dracena, capitão da equipe.

Sem mais artigos