Santos e Ituano vão fazer a final do Paulistão de 2014. Os dois times se classificaram em jogos dramáticos na tarde desse domingo (30) e vão decidir quem será o campeão paulista em dois jogos em local a ser definido nesta segunda-feira pela Federação Paulista.

Na Vila Belmiro, o Santos saiu na frente. Cícero acertou um chute de longe aos 21 do primeiro tempo e abriu o placar para o time da casa. No entanto, nervoso, o Peixe começou a errar demais. David Braz cometeu um pênalti bobo e o Penapolense não desperdiçou. 1 a 1.

A virada do time de Penápolis aconteceu logo na sequência, com outra falha de David Braz, indeciso na hora de recuar para Aranha. 2 a 1 Penapolense.

No segundo tempo a estrela do técnico Oswaldo de Oliveira brilhou. Rildo, que tinha acabado de entrar, quebrou o sistema de defesa do Penapolense e colocou a bola na cabeça de Leandro Damião, que empatou para o Santos.

Stéfano Yuri, jóia da base santista, de apenas 19 anos, entrou no fim e em seu primeiro chute colocou a bola na rede, depois de receber bom passe de Thiago Ribeiro. Santos 3 a 2 e a vaga garantida na final.

No Pacaembu, a história não foi menos dramática. Com um Ituano violento, o Palmeiras não conseguiu sair do zero a zero no primeiro tempo. Alan Kardec, um dos jogadores que poderia desequilibrar para o Verdão foi caçado em campo e depois de uma entrada dura do zagueiro Alemão, não conseguiu mais voltar. Aos 38 do segundo tempo, a bola sobrou para Marcelinho do time de Itu marcar o único gol da partida. 1 a 0 e Ituano finalista.

Sem mais artigos