Os mais de 26 mil presentes no Engenhão, na tarde deste domingo, assistiram a um belo jogo, que teve um tempo dominado por cada equipe. No primeiro, o Botafogo foi superior e abriu 2 a 0 com Loco Abreu. Já na segunda etapa, a entrada de Rivaldo mexeu com o São Paulo, que arrancou o empate quase nos acréscimos, em um gol de cabeça do craque. O empate deixa o São Paulo na terceira colocação, com 46 pontos, apenas um na frente do Botafogo, o quarto.

As condições do gramado no Engenhão eram desfavoraveis para a prática de um bom futebol, principalmente para o São Paulo, time com mais passes certos no campeonato. Porém ambas as equipes apresentaram bom preparo fisico em um duelo bastante disputado. O Fogão passou a pressionar mais e abriu o placar com uma linda jogada pelo lado esquerdo, que terminou na conclusão do artilheiro Loco Abreu, que só teve o trabalho de empurrar para dentro do gol.

O segundo gol do jogo veio de um pênalti sofrido por Renato, que levou um pisão de Wellington. Loco Abreu deixou a cavadinha de lado e fez mais um para o time carioca.

Para o segundo tempo, Rivaldo entrou para mudar a história do jogo. E aos 20 minutos Rivaldo rolou para Cícero bater de fora da área. No rebote, a bola sobrou para Henrique, outra novidade de Adilson Batista para a segunda etapa, que diminuiu para o São Paulo.

A partir daí, o jogo ficou aberto e as duas equipes poderiam marcar a qualquer momento. Mas só aos 45 minutos, depois de uma cobrança de falta de Rogério Ceni, Rivaldo cabeceou e arrancou um empate heróico no Engenhão.

Na próxima semana, o São Paulo recebe o Flamengo e o Botafogo visita o Atlético-GO.



Sem mais artigos