O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, respondeu com ironia às intenções do Bolívar, adversário do Tricolor paulista na fase preliminar da Taça Libertadores, de pedir que o jogo de ida entre os times pela competição não seja disputado no Morumbi.

“Então vamos jogar em um lugar que não tenha o problema altitude, e trocamos por outro estádio que eles queiram. Não existe nada mais seguro que o Morumbi. Eles já estão adivinhando que o jogo não vai ser fácil. Eu troco isso (decidir fora) pela altitude”, declarou Juvenal à “Rádio Bandeirantes”.

A reação foi em resposta a declarações do diretor esportivo do Bolívar, Jorge Iturralde. O dirigente boliviano afirmou que o Bolívar pediria que a sede do duelo fosse mudada pela confusão ocorrida na final da Copa Sul-Americana, entre o time paulista e o Tigre, da Argentina.

“Todos sabem que o Morumbi é seguro. Acho que eles (bolivianos) já estão adivinhando que o jogo aqui não será fácil para eles”, acrescentou Juvenal.

O São Paulo e o Bolívar se enfrentarão na primeira fase da Taça Libertadores e o vencedor do confronto entrará no grupo 3, que já tem Arsenal de Sarandí, The Strongest e Atlético-MG.

Sem mais artigos