O veterano meia Gilberto, do Cruzeiro, se mostrou extremamente irritado com a arbitragem de Leandro Vuaden após a partida em que sua equipe empatou contra o Palmeiras, neste domingo (4).

Na sua visão, “ele marcou um pênalti que não houve” e, citando outros erros, se declarou perseguido e, por isso, resolveu se aposentar: “é melhor parar de jogar, porque assim não dá para continuar”, afirmou, descartando estar fazendo a declaração no calor do momento.

“Eu tenho que pensar, mas para mim é melhor parar”, anunciou o meia cruzeirense após o término da partida.

Sem mais artigos