A convocação feita por Luiz Felipe Scolari nessa quarta-feira (07), de certa forma, colocou em xeque a última geração de talentos que o país produziu. Somente seis jogadores chamados para a próxima Copa do Mundo foram também para as últimas Olimpíadas, em Londres, no ano de 2012. Além disso, dois deles tinham idade acima dos 23 anos (Thiago Silva e Hulk), regra aceita no torneio.

Dos 23 chamados para o Mundial, alguns são mais notórios, como o caso da dupla que agora joga no São Paulo, Paulo Henrique Ganso e Alexandre Pato. Os dois eram cotados, inclusive, para jogar a Copa do Mundo de 2010, com Dunga no comando, mas o declínio foi tão acentuado que ambos não foram sequer cotados pelo comandante atual da seleção.

Mano Menezes, técnico do ciclo olímpico, também mostrava bastante apreço por Lucas, então no São Paulo e hoje no Paris Saint-Germain, que também ganhou a medalha de prata no Reino Unido. O meia foi até chamado para a última Copa das Confederações por Felipão, mas pouco a pouco foi perdendo espaço e acabou fora da lista.

Os aproveitados que estavam na idade para jogar os Jogos são Marcelo, Oscar e Neymar, todos titulares na campanha que acabou com derrota para o México na final e hoje também com espaço garantido nos 11 que começarão jogando a Copa.

Daquele time vice-campeão olímpico, vários atualmente andam em baixa. O goleiro Rafael, que jogava no Santos, é reserva no Napoli. Os outros dois goleiros – Gabriel e Neto – jamais atingiram a titularidade nos clubes que defendem, Milan e Fiorentina, respectivamente. Entre os laterais, somente Marcelo mantém a vaga – Rafael, do Manchester United, e os ex-santistas Daniel e Alex Sandro, que têm feito boas temporadas no Porto, foram “esquecidos” por Felipão.

Os zagueiros Juan (má fase na Internazionale) e Bruno Uvini (recém-chegado ao Santos após passagem apagada no Napoli), nunca foram convocados por Scolari, mesmo caso dos volantes Sandro e Rômulo.

Leandro Damião, que foi o artilheiro dos Jogos Olímpicos e vivia ótima fase até aquele ano, foi convocado para a Copa das Confederações, mas uma lesão o tirou do torneio. Desde então, vive má fase no Santos e pode acabar sendo negociado menos de seis meses depois de estrear pelo Peixe.

Veja os convocados para Londres 2012 (em negrito, os que estarão na Copa 2014):

Goleiros: Rafael (Santos, hoje no Napoli), Gabriel (Milan) e Neto (Fiorentina);

Laterais: Danilo (Santos, hoje no Porto), Rafael (Manchester United, Marcelo (Real Madrid) e Alex Sandro (Santos, hoje no Porto);

Zagueiros:  Thiago Silva (Milan, hoje no PSG), Juan (Internazionale) e Bruno Uvini (Napoli, hoje no Santos);

Meias: Sandro (Tottenham), Rômulo (Vasco, hoje no Spartak Moscou), Ganso (Santos, hoje no São Paulo), Oscar (Internacional, hoje no Chelsea);

Atacantes:  Neymar (Santos, hoje no Barcleona), Hulk (porto, hoje no Zenit), Lucas (São Paulo, hoje no PSG), Leandro Damião (Internacional, hoje no Santos) e Alexandre Pato (Milan, hoje no São Paulo).

Sem mais artigos