A seleção da França não poderá contar com seu principal jogador na Copa do Mundo: o atacante Franck Ribéry, eleito o terceiro melhor do mundo pela Fifa, não se recuperou de uma lombalgia e foi cortado, anunciou nesta sexta-feira (06) a Federação Francesa de Futebol (FFF).

O jogador do Bayern de Munique, que começou seu tratamento em 24 de maio, não tinha participado das duas partidas amistosas da França no período de preparação para a Copa, contra a Noruega (4-0) e Paraguai (1 a 1).

Ribéry realizou um exame médico hoje no hospital de Rambouillet, nos arredores de Paris, que confirmou um agravamento da lombalgia. Em função disso, a equipe médica da seleção francesa decidiu cortar o atacante.

O jogador, de 31 anos, tinha declarado há duas semanas que esta seria sua última Copa do Mundo.

Além de Ribéry, o meia Clément Grenier, de 23 anos, do Lyon, também foi cortado por uma lesão na virilha.

Os dois serão substituídos por Morgan Schneiderlin e Rémy Cabellam, que hoje mesmo se somarão ao grupo na concentração da seleção francesa em Clairefontaine, nos arredores da capital.

Sem mais artigos