Julio César, Thiago Silva, David Luiz, Daniel Alves, Marcelo, Dante, Ramires, Paulinho, Luiz Gustavo, Hernanes, Oscar, Bernard, Willian, Robinho, Neymar, Hulk e Fred. Esses foram os 16 jogadores escolhidos pela Panini para compor o espaço reservado para a Seleção Brasileira no álbum da Copa do Mundo de 2014. De todos os atletas, apenas o atacante do Milan não foi chamado por Felipão na convocação final divulgada nesta quarta-feira (07), no Rio de Janeiro (clique aqui e veja os chamados).

Confeccionado desde 1970, a única vez que a série da Panini acertou todos os nomes foi na Copa do Mundo de 1990, quando os 17 jogadores foram os mesmo que foram para o Mundial da Itália. Já os Mundiais com o maior número de erros foram os de 1974 e 1986, com cinco jogadores que não foram.

Na Copa do Mundo de 1982 (foto abaixo), na Espanha, e no Mundial de 1970, no México, a Panini teve o mesmo desempenho deste ano com o álbum da Copa do Mundo, com um erro entre as 16 e 14 figurinhas selecionadas, colocando Zé Sérgio, na época atleta do São Paulo, e Dirceu Lopes, do Cruzeiro, entre os selecionados, respectivamente.

Veja na lista abaixo todos os jogadores que foram figurinhas nos álbuns, mas não foram convocados para a Copa do Mundo:

1970: Dirceu Lopes (Cruzeiro) – 1 erro entre 14 figurinhas

1974: Felix (Fluminense), Carlos Alberto Torres (Santos), Clodoaldo (Santos – cortado por lesão), Carbone (Botafogo) e Palhinha (Corinthians) – 5 erros entre 20 figurinhas

1978: Zé Maria (Corinthians – cortado por lesão), Paulo Cesar Caju (Botafogo), Luis Pereira (Atlético de Madrid) e Raul Plassmann (Cruzeiro) – 4 erros entre 16 figurinhas

1982: Zé Sérgio (São Paulo) – 1 erro entre 16 figurinhas

1986: Leandro (Flamengo – decidiu não ir para a Copa em solidariedade ao corte de Renato Gaúcho), Mozer (Flamengo – cortado por lesão), Toninho Cerezo (Roma – cortado por lesão), Renato Gaúcho (Grêmio – cortado por indisciplina) e Éder Aleixo (Palmeiras) – 5 erros entre 16 figurinhas

1990: nenhum erro entre 17 figurinhas

1994: Ricardo Gomes (Paris Saint Germain – cortado por lesão), Palhinha (São Paulo) e Evair (Palmeiras) – 3 erros entre 17 figurinhas

1998: Flavio Conceição (Deportivo La Coruña – cortado por lesão), Mauro Silva (Deportivo La Coruña), Zé Maria (Parma) e Romário (Flamengo – cortado por lesão) – 4 erros entre 16 figurinhas

2002: Juan (Flamengo) e Emerson (Roma – cortado por lesão) – 2 erros entre 16 figurinhas

2006: Roque Júnior (Bayer Leverkusen), Julio Baptista (Real Madrid) e Renato (Sevilla) – 3 erros entre 17 figurinhas

2010: André Santos (Fenerbahce), Ronaldinho (Milan) e  Adriano (Roma) – 3 erros entre 17 figurinhas

2014: Robinho (Milan) – 1 erro entre 16 figurinhas

Sem mais artigos