A tenista americana Serena Williams conquistou neste domingo o título do torneio de Roma ao vencer na final a bielorrussa Victoria Azarenka por fáceis 6-1 e 6-3 em pouco mais de uma hora e meia de partida.

O duelo teve sabor de revanche, já que Azarenka, terceira colocada do ranking da WTA, derrotou Serena no último confronto entre elas, em fevereiro, na final do torneio de Doha.

Serena, que na semana passada em Madri entrou na história do tênis mundial ao se transformar na décima jogadora de todos os tempos em alcançar os 50 títulos WTA, segue queimando registros e já eleva a 24 seu recorde de partidos consecutivos ganhados e até oito, o número de títulos sobre terra em seu histórico.

Com este triunfo, a mais nova das irmãs Williams chegou a seu segundo título no saibro de Roma (o primeiro foi conquistado em 2002) e ao quinto nesta temporada, além de seu 51º na carreira – é uma das dez tenistas em toda a história com mais de 50 troféus como profissional.

Outra marca impressionante alcançada por Serena neste domingo é a de 24 vitórias consecutivas.

Na entrega de prêmios, a americana se expressou em italiano, para satisfação do público da quadra central do Foro Itálico, saudou sua rival com um “brava Victoria” e agradeceu a presença de sua família nas arquibancadas.

Quando ia abraçar sua adversária, Serena teve um pequeno contratempo quando uma peça das que formam o troféu caiu no chão.

A americana volta agora suas atenções para o torneio de Roland Garros, segundo Grand Slam da temporada e no qual, no ano passado, sofreu uma das derrotas mais duras de sua carreira – logo na primeira rodada, para a francesa Virginie Razzano.

Sem mais artigos