O equilíbrio voltou a falar mais alto nas semifinais da Superliga masculina de vôlei. Precisando se recuperar da derrota dentro de casa, o Sesi-SP visitou o Vivo/Minas e igualou o duelo em 1 a 1.

Mesmo após a derrota por 25 a 20 no primeiro set, o Sesi-SP não se intimidou e fez três sets perfeitos na sequência sem chance para os mineiros. Com 25 a 13, 25 a 18 e 25 a 18, o clube paulista garantiu o terceiro duelo entre as equipes.

Agora, se quiser se garantir na grande final da Superliga, o Vivo/Minas terá que conseguir outra vitória em São Paulo. O duelo será no próximo dia 8.

Sada Cruzeiro x Vôlei Futuro

Na outra semifinal, primeiro duelo ainda, o equilíbrio também falou mais alto. Badalado após a vitória sobre o atual tricampeão Cimed, o Vôlei Futuro sucumbiu em terras mineiras.

O Sada Cruzeiro veio com tudo para o duelo e abriu 2 a 0 nos dois primeiros sets sem chance para a equipe de Araçatuba. No entanto, comandado por Ricardinho, o Vôlei futuro empatou o duelo em 2 a 2. Mas, no tie-break, a força da torcida falou mais alto e os mineiros ganharam o primeiro confronto da semifinal.

Agora, o Vôlei Futuro receberá o Sada Cruzeiro em Barueri para tentar empatar o confronto. O duelo não será em Araçatuba, pois a Rede Globo transmitirá o jogo do dia 2 de abril e alterou o local.

Sesi-SP se recupera fora de casa e empata confronto com Vivo/Minas na Superliga

Sem mais artigos