Em uma partida repleta de duplas-faltas e erros não-forçados, a tenista russa Maria Sharapova bateu a tcheca Petra Kvitova nesta quinta-feira (26) e carimbou passaporte para a final do Aberto da Austrália, onde tentará seu segundo título.

Sharapova venceu nesta quinta-feira por 2 sets a 1, com parciais de 6-2, 3-6 e 6-4.

Bastante superior à sua adversária no primeiro set, a russa fechou em 6-2 após duas quebras de serviço.

Kvitova começou a segunda parcial de forma avassaladora, quebrando o saque de Sharapova e abrindo 3-0. A diferença seguiu até o fim, e a tcheca empatou o jogo em 1-1.

Com as duas tenistas tensas e jogando abaixo do que haviam mostrado durante o torneio, o set decisivo começou com uma quebra para cada lado.

A partir daí, o jogo seguiu sem quebras até o décimo game, quando a maior experiência de Sharapova fez a diferença para o 6-4 final.

Na decisão, a atual número 4 do mundo enfrentará a tenista bielorrussa Victoria Azarenka (3ª). Para apimentar ainda mais a final, quem vencer alcançará o topo do ranking.

As duas tenistas já se enfrentaram em seis ocasiões, com o placar empatado em 3 a 3. Quando se trata de decisões, no entanto, a bielorrussa leva vantagem por 2 a 0.

Enquanto Azarenka disputará sua primeira final de Grand Slam, Sharapova, ex-líder do ranking, tentará seu tetracampeonato em torneios deste tipo.

A russa, que decidiu o Aberto da Austrália em duas ocasiões, conquistou o torneio em 2008, com vitória sobre a sérvia Ana Ivanovic. 

Sem mais artigos