Após julgamento realizado nesta quinta-feira, o pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), manteve a supensão de um jogo aplicada no dia 11 de novembro ao atacante Emerson Sheik, do Corinthians e o colocou fora da “decisão” de domingo, contra o Palmeiras, no Pacaembu.

A pena foi aplicada por conta de pisão no pescoço do lateral Daniel, do Avaí, em partida disputada no dia 11 de outubro. Ele não foi expulso, mas foi enquadrado no artigo 250 (ato hostil) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). No último dia 22, a audiência que seria realizada acabou adiada e o jogador ganhou condições de jogar contra o Figueirense, no último domingo.

A defesa do Corinthians pediu adiamento do caso, mas o mesmo foi indeferido pelo presidente do Tribunal Pleno, Rubens Approbato Machado, conselheiro vitalício do Corinthians.

Sem mais artigos