O etíope Tsegaye Kebede e a queniana Priscah Jeptoo foram os grandes vencedores da Maratona de Londres, que aconteceu neste domingo na capital britânica, sob forte esquema de segurança, e na qual a brasileira Adriana da Silva terminou no 26º lugar na categoria elite.

Kebede, bronze nos Jogos de Pequim 2008 e vencedor da prova londrina em 2010, arrebatou a vitória no último quilômetro, ao ultrapassar o queniano Emmanuel Mutai. O etíope marcou o tempo de 2h06min04s.

Jeptoo, vice-campeã mundial e olímpica, por sua vez, fez o tempo de 2h20min14s, exatamente o mesmo que, no ano passado, a fez terminar na terceira colocação. Melhor brasileira na prova, Adriana da Silva cruzou a linha de chegada 2h31min44s após o início da prova.

O encarregado da entrega das medalhas foi o príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth II, que garantiu que “nunca” deixaria de comparecer a premiação, apesar da preocupação sobre a segurança, intensificada após as explosões durante a Maratona de Boston, nos Estados Unidos, que deixaram três mortos e mais de 170 feridos.

Antes da largada, para a qual alinharam mais de 36 mil pessoas, os competidores fizeram um minuto de silêncio, como demonstração de respeito para com os atingidos pela tragédia americana. Em todo percurso foi feito acréscimo de 40% do efetivo policial, a fim de garantir a segurança do evento.

Sem mais artigos