Internado desde segunda-feira na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o ex-jogador Sócrates permanece hospitalizado e respirando com o auxílio de aparelhos, segundo boletim médico divulgado nesta terça-feira.
Segundo os médicos, a hemorragia digestiva no esôfago de Sócrates foi controlada por meio do uso de remédios e de procedimentos de endoscopia e de radiologia de intervenção. O estado médico do ex-meio-campista da seleção brasileira, atualmente com 57 anos, não apresentou mudanças na madrugada.
Essa é a segunda hemorragia no aparelho digestivo sofrida por Sócrates nas últimas semanas, depois que ele ficou hospitalizado durante oito dias em agosto pelo mesmo motivo, um problema derivado de uma cirrose causada por seus excessos com o álcool.
O ex-jogador recebeu alta no dia 27 de agosto e então, em diversas entrevistas, reconheceu seus problemas com a bebida nos últimos anos e disse que temeu por sua vida.
Sócrates jogou a maior parte de sua carreira no Corinthians, mas atuou também no Flamengo, no Santos e no Botafogo de Ribeirão Preto, além de uma passagem pela Itália, onde defendeu a Fiorentina.


Sem mais artigos