O San Antonio Spurs esteve à beira da eliminação nesta quarta-feira, mas encontrou forças para virar sobre o Memphis Grizzlies, em casa, chegando ao triunfo por 110 a 103.

Os Spurs precisaram da prorrogação para reduzir sua desvantagem nos playoffs da Conferência Oeste para 3 a 2. O próximo encontro das duas equipes está marcado para sexta-feira, com mando de quadra do Memphis.

O San Antonio começou bem e foi para o intervalo com vantagem de oito pontos. No entanto, a ideia de uma vitória fácil foi por terra na volta do vestiário, quando o Memphis impôs um 26 a 15. Jogando diante de sua torcida, os Spurs conseguiram levar a partida para a prorrogação, quando fizeram 13 a 6.

Com 33 pontos, o armador argentino Manu Ginobili foi o cestinha dos Spurs, enquanto o armador francês Tony Parker anotou 24 pontos e deu nove assistências. O ala Tim Duncan, por sua vez, chegou ao double-double de 13 pontos e 12 rebotes.

Já o pivô brasileiro Tiago Splitter participou da partida por quase 15 minutos e contribuiu com seis pontos e três rebotes.

Pelos Grizzlies, destaque total para o ala Zach Randolph, com double-double de 26 pontos e 11 rebotes. O armador Mike Conley anotou 20 pontos, e o ala-armador Sam Young contribuiu com outros 18.

Classificados

A noite da última quarta-feira (27) também serviu para o Oklahoma City e o Miami Heat garantirem a classificação.

A franquia de Miami passou para a semifinal após fechar o duelo por 4 a 1 contra o Philadelphia 76ers. Agora, a equipe terá pela frente o Boston Celtics.

Pelo mesmo placar contra o Denver Nuggets, o Oklahoma City se classificou para a semifinal.

Spurs vencem e respiram contra o Memphis; Miami e Oklahoma se classificam

Sem mais artigos