O treinador da Fiorentina, Delio Rossi, agrediu nesta quarta-feira o meia sérvio Adem Ljajic, que aplaudiu ironicamente o técnico depois de ter sido substituído no jogo diante do Novara, penúltimo colocado do Campeonato Italiano, pela 36ª rodada.

Ljajic foi substituído quando a ‘Fiore’ perdia por 2 a 0. Ao se aproximar do banco, o atleta começou a bater palmas para Rossi, o que gerou uma troca de insultos e culminou com socos do treinador no meia. Vários jogadores e integrantes da comissão técnica tiveram que intervir para parar a briga.

O presidente do sindicato de jogadores, Damiano Tommasi, disse que compreendia a tensão do momento, mas destacou: “perder a compostura dessa maneira não tem justificações”.

Faltando duas rodadas para o final do campeonato, a Fiorentina ocupa a 16ª posição, com 42 pontos, e ainda corre risco de rebaixamento. 

Sem mais artigos