O capitão do Chelsea, o zagueiro John Terry, ficará de fora da equipe por três semanas, após ter sofrido uma lesão no joelho, de acordo com declarações dadas na noite da última sexta-feira (16) pelo técnico dos ‘Blues’, o italiano Roberto Di Matteo.

Com isso, o defensor poderá disputar o Mundial de Clubes. O time londrino estreará na competição apenas no dia 13, contra Monterrey-MEX ou Ulsan Hyundai-CDS, e poderá enfrentar o Corinthians na decisão, no dia 16.

Terry, de 31 anos, machucou o joelho direito durante o empate em 1 a 1 entre Chelsea e Liverpool, no último domingo. O veterano zagueiro foi submetido nesta sexta a exames para verificar se sua lesão atingiu os ligamentos, como se temia, mas o técnico italiano afirmou que a lesão “não é significativa”.

“Terry ficará de fora por aproximadamente três semanas, mas felizmente a lesão não é tão grave quanto pensamos no início”, disse Di Matteo.

O ex-capitão da seleção inglesa havia voltado de uma suspensão por quatro jogos, e se machucou ao se chocar com o atacante uruguaio Luis Suárez. Ele fez o gol do Chelsea aos 20 minutos do primeiro tempo e deixou o gramado na maca pouco depois, aos 39.

“A lesão de Terry foi algo infeliz, já que estava muito bem em campo e deu à equipe muita confiança, mas temos que lidar com as lesões”, encerrou o treinador.

Sem mais artigos