O Carlitos Tevez se diz perseguido no Brasil, mas já tem clube de olho. Maurício Macri, presidente do Boca Juniors, fez um convite para que o atacante volte para o clube argentino.

"Tevez vive um momento complicado no Brasil e é sempre bom lhe dar apoio. Ele sabe que se vir para cá, a camiseta dele está pronto", disse o dirigente para a "Rádio América", de Buenos Aires. O presidente afirmou ter conversando com o atacante por telefone.

As declarações de Macri foram feitas em um momento oportuno. Na semana passada, Carlitos Tevez chegou afirmar que pensavam em deixar o Corinthians por ser perseguido no futebol brasileiro.

Tevez recebe convite para voltar ao Boca Juniors

Sem mais artigos