Dia 4 de julho de 2012 é um das datas mais importantes da
história recente do Corinthians. Há exatos 365 dias, na mesma data da
Independência norte-americana, o time mais popular de São Paulo quebrou um dos
maiores tabus e fardos que sua torcida carregava ao derrotar o Boca Juniors por
2 a 0, no Estádio do Pacaembu, faturando assim o inédito título da Copa
Libertadores da América.

Um ano após a conquista, muita coisa mudou no clube de
Parque São Jorge. Além das conquistas do Mundial de Clubes da Fifa, no fim de
2012, e do Campeonato Paulista no início deste ano, o elenco campeão da
Libertadores foi totalmente modificada e remodelado pelo técnico Tite.

Dos 25 jogadores que terminaram a competição como atletas do
Corinthians, apenas 11 seguem no elenco e fazem parte do atual time
titular que venceu o São Paulo na noite da última quarta-feira (03), no Morumbi, por 2 a 1, pelo primeiro jogo da Recopa Sul-Americana. São eles: o goleiro Cássio, o
lateral Fábio Santos, o volante Ralf, o meia Danilo e o atacante Emerson Sheik.

Alessandro, que está machucado e foi substituído por
Edenílson contra o São Paulo, e Chicão, que perdeu a vaga no time titular para
Paulo André, além de Douglas, Júlio César, Danilo Fernandes, Romarinho e
Willian Arão
, todos estes reservas do Corinthians na Libertadores de 2012, são
os outros remanescentes do  elenco
campeão da américa.

Leandro Castán, Paulinho, Alex, e Jorge Henrique, que com
os cinco remanescentes do time titular atual completavam os 11 titulares do
Corinthians campeão da Libertadores, foram negociados pelo clube paulista.

Além deles, Weldinho, emprestado ao Palmeiras, Wallace,
Ramon e Liédson, negociados com o Flamengo, Ramires, na Ponte Preta, Elton, no
Náutico, Gilsinho, dispensado recentemente pelo Sport, e Marquinhos, vendido
para o Roma e pretendido pelo Barcelona.

Ou seja, em menos de um ano o Corinthians alterou 66% do seu
elenco. Com o excesso de saídas, o time também trouxe algumas caras novas, casos
de Guerrero, Alexandre Pato, Renato Augusto, Guilherme, Gil, Paulo André, Ibson,
Walter, Guilherme Andrade
, Felipe Maldonado e Edenílson.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 X 0 BOCA JUNIORS-ARG

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) 

Data: 4 de julho de 2012, quarta-feira

Árbitro: Wilmar Roldan (COL) 

Assistentes: Abraham Gonzalez (COL) e Humberto Clavijo (COL) 

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Paulinho, Ralf e Alex (Douglas); Jorge Henrique (Wallace), Emerson (Liedson) e Danilo

Técnico: Tite

BOCA JUNIORS: Orión (Sebastián Sosa); Sosa, Caruzzo, Schiavi e Clemente Rodríguez; Ledesma (Cvitanich), Somoza, Erviti e Riquelme; Pablo Mouche (Viatri) e Santiago Silva 

Técnico: Julio César Falcioni

GOLS:  Emerson, aos oito e aos 27 minutos do segundo tempo

Veja abaixo um vídeo feito pelo Corinthians para comemorar a data:

Sem mais artigos