O meia Gabi Fernández, capitão do Atlético de Madri, afirmou nesta segunda-feira que deseja que o meia brasileiro Diego, ex-Santos, continue jogando no clube nesta temporada, embora tenha ressaltado que, com ele ou sem ele, a equipe está preparada para ganhar Supercopa da Europa e ficar entre os quatro primeiros do Campeonato Espanhol.

“O final do último ano foi muito bom. O time se manteve a custa do desempenho de Diego. O clube fez um esforço tremendo para tê-lo e tomara que ele fique conosco, porque é um grande jogador. Mas, se ele não ficar, eu acredito que a equipe será capaz de vencer a Supercopa e estar entre os quatro primeiros no Campeonato Espanhol”, declarou.

“As vagas da Liga dos Campeões são o objetivo máximo de qualquer equipe”, acrescentou Gabi, que considerou que “a base” para esse novo curso é o futebol apresentado nos últimos cinco meses da última temporada: “a equipe correu em todas as partidas, fez muitos pontos e foi capaz de ganhar um título (a Liga Europa)”.

“É neste caminho que temos que seguir, partida a partida. O treinador (o argentino Diego Simeone) nos cobra isso a cada treino e, a partir daí, a equipe deverá crescer”, acrescentou o meia, que se dedica aos treinos da pré-temporada para recuperar sua “forma física” com vistas em um início de competição “muito exigente”.

Sem mais artigos