Punido em £8 mil (mais de R$ 29 mil) por ter invadido o campo na derrota para o Aston Villa, por 1 a 0, no dia 15 de março, em jogo pela 30ª rodada do Campeonato Inglês, o técnico José Mourinho, do Chelsea, não precisará colocar a mão no bolso para arcar com os valores da multa que recebeu pelo mau comportamento. Isso porque, segundo informação do jornal Mirror Online, alguns torcedores da equipe londrina decidiram criar uma ‘vaquinha’ para ajudar o treinador.

“É óbvio que José (Mourinho) está sendo vítima de uma injustiça. Queremos mostrar a ele o nosso apoio”, disse Dave Johnstone, porta-voz do grupo que lançou a campanha, em entrevista ao tabloide inglês.

A campanha dos torcedores do Chelsea visa arrecadar doações durante os treinos do time e também nos jogo contra o Swansea, no domingo (13), no Liberty Stadium, e diante do Sunderland, na outra semana, no Stamford Bridge.  

Mourinho criticou a postura do árbitro Chris Foy após ele expulsar o brasileiro Ramires, já nos acréscimos do duelo contra o Aston Villa, sem contar que o juiz já tinha dado cartão vermelho ao meia Willian.

Sem mais artigos