Indignados com a campanha feita pelo Blackpool na Football League Championship (segunda divisão da Inglaterra), os torcedores do time inglês, que luta contra o rebaixamento na competição, decidiram protestar contra o empresário Karl Oyston, dono do clube, durante o duelo contra o Burnley, na última sexta-feira (18), no Bloomfield Road. No início da partida, a torcida agiu de forma simultânea ao atirar tangerinas e bolas de tênis no gramado, fazendo com que o juiz da partida interrompesse o jogo.

Apesar da ação em conjunto, o protesto não deu muito certo e o Blackpool foi derrotado em casa, por 1 a 0, praticamente garantindo o rival Burnley na Premier League da temporada 2014/2015. Após o revés, em casa, o Blackpool conseguiu arrancar um empate contra o Brighton & Hove Albion, na última segunda-feira (21), fora de casa. Com o resultado, a equipe do condado de Lancashire segue a luta contra o rebaixamento, ocupando agora 22ª posição, com 43 pontos e ocupando a zona de rebaixamento para a terceira divisão.

Sem mais artigos