A paciência da torcida do Corinthians com o time parece ter acabado de vez. Os fãs do clube voltaram a aparecer no clube para protestar contra alguns jogadores neste sábado (16) assim como fizeram na última sexta-feira (15).

Dessa vez, os gritos ficaram nas arquibancadas, mas nem Ronaldo escapou das ofensas dos torcedores. “Alô Ronaldo, vamos jogar, o Coringão não é seu SPA”, gritava o grupo.

Capitão do time desde a temporada 2008, quando o Corinthians disputou a Série B, o zagueiro William também recebeu críticas. “William, pode parar, já está na hora de você aposentar”, cantavam os torcedores.

Além dos dois, Andrés Sanchez, presidente do time, também foi alvo de críticas. Os versos “Andres, safado, acabou com o centenário” e “Alô Andres, fica ligado, o seu dinheiro só compra mercenário” eram cantados na arquibancada.

Apesar das fortes críticas para alguns jogadores, o atacante Souza parece ser mesmo o que mais incomoda a torcida, principalmente após mostrar o dedo do meio para ela no duelo contra o Vasco, quando o time paulista perdeu por 2 a 0.

“Acabou a paz, o Souza no Corinthians não joga nunca mais” e “Souza, c.., fora do Timão” foram as canções criadas para o atacante.
O departamento médico muito questionado pelas diversas lesões no elenco também foi criticado. “Não é mole, não, departamento médico é vergonha no Timão”, cantavam os torcedores.

Sem mais artigos