O Corinthians visitou a Ponte Preta neste domingo (28) e, tranquilo, goleou por 4 a 0 – um gol de cada atacante -, no Estádio Moisés Lucarelli, e classificou-se para a semifinal do Campeonato Paulista 2013. O jogo, que começou nervoso, foi facilitado pela atuação segura do time de Parque São Jorge.

A Macaca começou bem, e exigiu esforços defensivos da defesa corintiana.

Mas aí apareceu o talismã Romarinho. Depois de uma maior desenvoltura do time da casa, o Timão começou a trocar mais passes. Aos 32 minutos, o goleiro Edson Bastos espalmou para frente um chute forte de Guerrero, que arriscou de fora da área. Na sobra, o camisa 31 abriu o placar.

Desorganizada com a impossibilidade de contar com o peruano Ramírez – emprestado pelo Corinthians, cujo contrato não permite atuar contra – a Ponte sentiu o gol e logo tomou outro golpe.

Émerson Sheik faz jogada individual na ponta esquerda da área. Passa pelo adversário e chuta no contrapé de Édson Bastos. Mais uma bola na rede da equipe que só havia perdido um jogo na etapa classificatória.

Na etapa regulamentar, um erro do juiz Raphael Klaus praticamente tirou as chances da Macaca de se classificar.

Sheik recebe na área e toca rápido para dentro, projetando seu corpo para cima do zagueiro, que toca no atacante. Este cai acintosamente e é marcado o pênalti. Aos 10 minutos, Guerrero faz o terceiro, sem chances para o arqueiro.

Os mandantes sentem ainda mais a já iminente eliminação após campeonato firme. O volante Baraka pisa conscientemente em um já caído Romarinho, na frente do juiz, que não titubeia e expulsa o pontepretano que mal havia levantado do chão.

Com um a menos, a Ponte Preta não consegue fazer a bola chegar no centroavante William, vice-artilheiro do Paulistão, e o Corinthians mantém a posse de bola tranquilamente.

Pato entra no lugar de Romarinho e, após cruzamento de Sheik, ao invés de bater de primeira, mata a bola, e bate em cima do goleiro. Teve ainda outra chance, onde Edson Bastos salva novamente.

Porém, na terceira, o atacante da Seleção Brasileira faz fila, dribla até o goleiro, e bate no canto: 4 a 0.

O jogo mostrou toda a superioridade do Corinthians, que joga absoluto e não dá oportunidades ao adversário.

Agora, o time do técnico Tite espera a próxima quarta-feira (01) para enfrentar o Boca Juniors pela Libertadores, na Bombonera. A semifinal terá o vencedor de São Paulo e Penapolense, que se enfrentam neste domingo.

Para a Ponte Preta, restam a Copa do Brasil, em que o time campineiro pega o Bragantino, e o Torneio do Interior, com datas ainda não definidas. No fim de maio, na primeira rodada do Brasileirão, enfrenta o São Paulo.

Sem mais artigos