Os técnicos de Alemanha, Holanda, Portugal e Dinamarca reagiram de maneira diferente após o sorteio desta sexta-feira que colocou estas quatro seleções no Grupo B da Eurocopa 2012, que acontece entre os dias 8 de junho e 1º de julho, na Polônia e Ucrânia.

No comando da Alemanha, considerada uma das favoritas ao título, o técnico Joachim Löw afirmou que o sorteio colocou sua seleção em uma chave muito “interessante”, e que brindará os torcedores com grandes duelos dentro de campo.

“Fomos sorteados para o grupo mais difícil e equilibrado, mas que provavelmente também será o mais interessante. Podemos nos alegrar de estar envolvidos nas partidas mais atraentes da fase de grupos”, afirmou o treinador.

Já o técnico Bert van Marwijk, da Holanda, foi menos otimista sobre o sorteio que colocou sua seleção no “grupo da morte” da Euro.

“Observei os treinadores das seleções de nossa chave e não vi nenhum que estivesse contente”, afirmou Van Marwijk, que, no entanto, destacou que a dificuldade do grupo pode servir de combustível para os jogadores holandeses.

“Todos sabem que é o grupo mais difícil. Isso tem seu lado bom, porque nossos jogadores estarão especialmente motivados para essas partidas”, acrescentou.

O técnico de Portugal, Paulo Bento, afirmou que o grupo será marcado pelo “equilíbrio”, e destacou que sua equipe terá um “trabalho árduo” em busca da classificação.

“Vamos entrar na competição com o objetivo de tentar a classificação. Para isso, precisamos nos preparar bem para nossa primeira partida na chave”, disse Paulo Bento, que terá pela frente a poderosa Alemanha logo na estreia, no dia 9 de junho.

O treinador da Dinamarca, Morten Olsen, não se mostrou feliz com o sorteio e disse que sua equipe “corre por fora” na briga pela classificação, mas também lembrou que passou pela seleção portuguesa antes de garantir vaga na Euro.

“Vamos enfrentar Holanda e Alemanha, dois dos favoritos absolutos ao título. Além disso, temos pela frente Portugal, uma seleção que vencemos nas Eliminatórias à Euro e que podemos vencer novamente, mas que não deixa de ser uma equipe de alto nível”, disse o técnico à emissora dinamarquesa “TV2”.

Sem mais artigos