Aos 42 anos e há 14 gols do milésimo da carreira, em sua contagem, Túlio Maravilha, em entrevista ao programa “Tá na Área” na internet, afirmou que acha que não será fácil um jogador chegar a essa marca depois dele.

Para o jogador, que defende atualmente o Tanabi, na quarta divisão do Campeonato Paulista, se Messi e Neymar quiserem repetir seu feito terão de cuidar da cabeça.

“Não sei se serei o último não. Mas o cara que tentar essa marca vai ter que gostar muito da profissão. O Messi tem 24 anos, o Neymar tem 20. Será que daqui a dez anos, com 34 e 30, vão estar com o mesmo pique, com a mesma gana de querer jogar futebol? Essa que é a grande interrogação. Fisicamente vai diminuir, não vai ter mais explosão, as arrancadas, o que é natural… O problema é a cabeça, se a cabeça tiver boa, eles conseguem”, afirmou o atacante.

Em sua carreira, o atacante acumula diversas marcas relacionadas a gol. Túlio é o maior artilheiro do Vila Nova-GO, do Goiás, do estádio Caio Martins, antiga casa do Botafogo, do estádio Serra Dourada, entre outras.

Seu último grande feito como jogador foi em 2008. Na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o atacante fez 24 gols pelo Vila Nova e foi artilheiro da competição.

Sem mais artigos