O Comitê Executivo da Uefa definirá nesta quinta-feira, em Sófia, na Bulgária, o regulamento para a apresentação de candidaturas das sedes da Eurocopa de 2020, competição que será realizada em 13 cidades de diferentes países, em comemoração aos 60 anos da disputa.

A decisão de fazer a Eurocopa de maneira diferente na ocasião foi tomada em janeiro deste ano. Com o lema “Uma Euro pela Europa”, a competição terá divulgados amanhã os requisitos e o regulamento para a candidatura.

Além disso, nesta quinta-feira serão aprovados os regulamentos para a temporada 2013/2014, da Liga dos Campeões, Liga Europa, Supercopa Europeia e Copa da Uefa de Futsal, entre outros.

A publicação destes termos acontecerá em abril, quando será lançada a fase de candidaturas. A partir de setembro, as postulantes terão que enviar dossiê à Uefa, e terão um ano para fazê-lo. Em setembro de 2014, as cidades escolhidas serão divulgadas.

A Uefa já definiu que haverá, no máximo, uma sede por país, o que significa que cada estádio receberá um dos 13 “pacotes” disponíveis: 12 deles incluindo três partidas da fase de grupos mais um jogo das eliminatórias (oitavas e quartas de final) e um que ainda inclui, além destes jogos, semifinais e final.

O Comitê Executivo da Uefa definiu também que os 13 países que sediarão a competição terão que disputar as Eliminatórias e garantir sua vaga na Eurocopa, não havendo assim, nenhuma seleção previamente classificada. 

Sem mais artigos