A Uefa irá investigar a atitude do José Manuel Pinto no jogo contra o Copenhague, pela Liga dos Campeões, depois que o goleiro do Barcelona assobiou e confundiu o atacante brasileiro dos dinamarqueses, César Santin, que parou ao pensar que a bola estivesse fora do jogo.

Aos 26 minutos da partida, o atacante rolou a bola para lateral. Santin estava em vantagem e tinha tudo a seu favor para ficar de frente com o goleiro.

Diante da surpresa dos espectadores e do desespero do treinador do Copenhague, Santin parou e abortou o contra-ataque.

No dia seguinte, a equipe dinamarquesa apresentou uma queixa formal contra a ação, por considerar que é contrária ao fair play. A Uefa estudará o caso diante da possibilidade de o goleiro do Barça ter incorrido em “uma conduta inadequada”.

Durante a entrevista coletiva antes do jogo do Zaragoza, o treinador do Barcelona, Pep Guardiola, explicou que Pinto costuma utilizar os assobios durante os treinos e nas partidas. 

Uefa investigará assobio de goleiro do Barça em jogo da Liga

Sem mais artigos