A Uefa anunciou nesta quinta-feira que seguirá utilizando árbitros assistentes atrás do gol nas competições de clubes que organiza.

A medida é adotada após decisão da International Board e da Fifa, no último 5 de julho, que incluiu o emprego destes auxiliares nas regras do jogo, ao considerar que os testes realizados tinham sido positivos.

O período de testes, com a incorporação dos desses assistentes, a equipe composta, por árbitro, dois auxiliares e quarto árbitro, começou em 2008, justamente em uma competição organizada pela Uefa, o Campeonato Europeu sub-19.

Os testes se seguiram na Liga Europa 2009-10, e depois foram ampliados e chegaram a Liga dos Campeões e a última edição da Eurocopa.

Sem mais artigos