O UFC deu mais um passo para se tornar um dos maiores esportes do mundo. Nesta quinta-feira (17), Dana White, presidente do maior evento de MMA do planeta, anunciou o acordo de sete anos com a gigante empresa de televisão norte-americana Fox para a partir de novembro deste ano.

A fusão termina com 14 anos de acordo entre a Spike TV e o UFC. Além da transmissão de lutas ao vivo pelo canal aberto da Fox, o novo acordo prevê a exibição do reality show The Ultimate Fighter pelo canal FX, onde cada uma das 12 eliminações serão transmitidas ao vivo.

De acordo com a “Sports Business Journal”, o valor do acordo gira em torno de US$ 90 milhões por ano, algo como quase R$ 1 bilhão pelos sete anos de contrato.

“Estamos empolgados em fazer parte da família Fox. O UFC finalmente pertence à emissora número um do país e agrega a mais prestigiosa propriedade esportiva do mundo. Eu sempre disse que o UFC será o maior esporte do mundo, e com esse acordo isso vai se tornar realidade”, disse Dana White. 

Pelo acordo, ficou definido que o FX irá transmitir as seis primeiras lutas de cada evento, deixando as quatro últimas e principais para a Fox.

A Fox não foi a única empresa a demonstrar interessa na aquisição dos direitos de transmissão do UFC. A HBO e a TNT tentaram, mas não chegaram a um acordo.

Sem mais artigos