O chileno Jorge Valdivia, que era esperado para iniciar a pré-temporada no Palmeiras na última quinta-feira (03), afirmou que se apresentará ao clube nesta segunda-feira (07) e lamentou que sua ausência tenha causado um “mal-entendido”.

O jogador, que está sob ameaça de multa pelas faltas, disse ao site “globoesporte” que seu atraso ocorreu por conta de um tratamento a que vinha sendo submetido em Santiago, durante suas férias, para tratar um problema no joelho esquerdo.

“Meu sonho é não me machucar neste ano e poder ajudar o Palmeiras”, disse Valdivia, que comentou que o tratamento a que foi submetido no Chile “é uma prova” de seu “compromisso” com a equipe, que neste ano jogará a segunda divisão, embora também dispute a Taça Libertadores da América.

“Espero que este esforço seja reconhecido”, disse o meia, que comentou que está “ansioso para ajudar o Palmeiras a ter um bom ano”.

A ausência do jogador no primeiro treino do ano, na quinta-feira, fez com que a imprensa especulasse, que, entre outro motivos, o jogador estaria incomodado de atuar na segunda divisão.
Segundo algumas publicações, o jogador estaria negociando um possível retorno ao Colo-Colo, ou esperando uma oferta do Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, no qual atuou entre 2008 e 2010.

Sem mais artigos